9.11.15

Universidade || Residências de Estudantes


Recentemente mudei-me finalmente para Aveiro para uma das residências de estudantes em que a maior parte são alunos de ERASMUS e bem, estas são as minhas primeiras impressões acerca do que é viver com outros estudantes. 

1. Não é a casa limpa e arrumada dos teus pais
Quando cheguei no primeiro dia fiquei em choque, com falta de limpeza mas sobretudo com o descuido que 5 minutos a cada um por dia resolveriam. 

2. Não te podes ser a única armada em Fada Madrinha das limpezas
Quando vemos tudo num caos, a nossa reacção instantânea é limpar, mas não nos podemos armar em Fadas Madrinhas porque se eu tenho duas mãos, os outros residentes também de certo devem ter. E não são 5 minutos perdidos que vão importar. Limpo o que sujo, porque se for limpar tudo aquilo que está sujo bem que nunca mais saio de lá. Um bocado de cuidado e de consciência é o que se precisa.

3. Talvez aprenda Chinês até ao final do ano. Or maybe not. 
Só tenho uma portuguesa na residência, que por acaso é a minha colega de quarto. Quanto às outras são todas chinesas e se me perguntassem o nome de alguma só saberia dizer o de uma. Falam chinês umas com as outras quando o mais me parece é que estejam a falar mal de mim. Quando tento falar com elas até percebo o que elas dizem mas tenho sempre a pequena sensação que elas não percebem o que eu digo e às vezes tento repetir em inglês mas acho que elas não devem achar muita piada à língua da D. Rainha Isabel.

4. Vai haver sempre alguém a fazer barulho, qualquer que seja a hora
Ainda só estou aqui há 1 dia e pouco e já me apercebi que esta não é a casa sossegada dos meus pais e que não somos todos iguais, não medimos as coisas de igual maneira e muito menos baixamos o volume vocal da mesma forma.

35 comentários:

  1. Sempre morei em residências universitárias e é tudo verdade. Mas não há nada melhor! Conheces tanta gente de outros cursos e outras nacionalidades, é fantástico :) Aproveita ao máximo ^^

    ResponderExcluir
  2. Vais te habituando e esperamos que eles se tornem um pouco mais cívicos! ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu quando estive numa residência e estavam lá chinesas nós chegamos à conclusão que elas podiam estar a falar mal de nós e nós ainda sorriamos para elas

    ResponderExcluir
  4. Como eu te percebo. O problema é quando não melhora. Se eu pudesse escolher uma coisa a mudar na minha estadia por Lisboa, claramente que seria a residência. Estou no quarto triplo e tenho uma colega que faz imenso barulho e que está acordada a noite toda, às vezes. E isto torna-se prejudicial para mim quando tenho que acordar cedo ou o dia seguinte exige muito de mim. É difícil. Mas tem que se suportar, por mais chato que seja, por vezes. Eu tive que aprender a lidar com isso e às vezes ainda me aborrece mais do que devia.

    ResponderExcluir
  5. O barulho deve ser mesmo chato :/ sou muito picuinhas com barulho x)

    ResponderExcluir
  6. Estou nas residências universitárias pelo segundo ano e admito que não encontro nada em comum com as tuas, além do último ponto. Não estão sujas, e nestes dois anos só vi um chinês. Temos mais espanhóis, ingleses, polacos e brasileiros :)

    ResponderExcluir
  7. Stay strong babe! Ahahaha, aproveita para conhecer mais pessoas xD

    ResponderExcluir
  8. quero conhecer o quartinho, beijos

    ResponderExcluir
  9. Morei numa residência universitária durante dois anos mas não apanhei chinesas por lá xD Quanto ao barulho, é sempre complicado porque é demasiada gente a viver no mesmo local com os seus próprios horários

    ResponderExcluir
  10. Isto parece conversa de velhos, mas acredita que quando deres por ti também estás a tê-la...
    A verdade é que daqui a 3 anos terás saudades disto tudo e de mais umas quantas coisas que não vais gostar nada de nada agora.
    Aproveita esse excelente tempo e diverte-te!

    ResponderExcluir
  11. Não estou em nenhuma residência, sempre aluguei ao quarto, com pessoas conhecidas ou não e é muito mais fácil de conviver ;)

    ResponderExcluir
  12. Embora tivesse que fazer duas horas de transportes públicos por dia para ir para a Universidade, nunca morei numa residência. Se não tivesse outra opção que remédio, mas não ia ser nada fácil ter que viver nessas condições. É preciso ter muita sorte com quem nos calha na rifa, mas estar na imundice e ainda ter que ouvir barulho a horas inconvenientes, não obrigado haha.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderExcluir
  13. Os meus amigos que lá viviam também me diziam isso, mas também me disseram que, a partir do momento em que te começas a habituar, começa a custar menos! Por isso, força!

    ResponderExcluir
  14. Espero que pelo menos o barulho melhore (já que acho menos provável que a falta de limpeza mude)

    ResponderExcluir
  15. As residências têm sempre os seus prós e contras (:

    ResponderExcluir
  16. se me pagares o transfer lololol <3

    ResponderExcluir
  17. Espero que com o tempo te vás habituando..

    ResponderExcluir
  18. Espero que corra tudo bem meu amor!!! Força <333

    ResponderExcluir
  19. Com o tempo vais ver que te vais habituando :)

    ResponderExcluir
  20. Obrigado querida! É mesmo algo muito simples de realizar :)

    Adorei as tuas dicas. Nunca vivi numa residencial mas sei bem como as coisas funcionam lá por dentro.
    Tens de ter calma :D


    NEW GET THE LOOK POST | Plaid: English Looks
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  21. Vivi numa residência durante um mês, no meu 2º ano e chorei pela vida. Estava habituada a partilhar um apartamento e de repente ver-me "sozinha" no meio de um ambiente desses, custou-me horrores. Felizmente encontrei logo casa e deixei esse pesadelo para trás das costas!

    ResponderExcluir
  22. Um amigo meu já vive numa residência há quatro anos e pelo que conta aquilo é uma festa... para o bom e para o mau xD Tem cuidado para não te roubarem a comida!

    ResponderExcluir
  23. sê bem vinda ao mundo universitário! acredita que vai ser o teu melhor e o teu pior!

    ResponderExcluir
  24. Já tinha ouvido dizer que podia ser bastante complicado realmente!

    ResponderExcluir
  25. Como em todo o lado há prós e contras babe, força nisso!

    ResponderExcluir
  26. O bom de estar a estudar na minha cidade é que posso continuar na minha casinha :))

    ResponderExcluir
  27. Tinha uma colega minha que tinha imensas complicações com a casa dela, ainda bem que nunca passei por isso. Mas também deve ser uma óptima experiência
    xoxo
    BLOG // FB PAGE

    ResponderExcluir
  28. Eu não conseguia viver numa residência :/

    ResponderExcluir
  29. Ah pois...os belos tempos de faculdade em que se sente saudades de casa dos pais num instante! ahah =) Boa sorte!
    Beijinhos*

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  30. acho que este post vai ter continuação xD

    ResponderExcluir
  31. Para mim isso não dava xD Eu virava-.me do avesso mas não ficava numa casa em que não houvesse cuidados de limpeza. Eu sou super nojetinha XD
    Ao menos aprendes chines ahahaha isso é bom xD

    ResponderExcluir
  32. Tive essa mesma impressão quando vim trabalhar para esta empresa.
    A cozinha estava um caos tão grande que fiquei parva. Tratei imediatamente de conseguir um microndas para o pessoal aquecer a comida. Depois armei-me em "fadinha" e quis tudo limpo e imaculado.
    Passado um tempo comecei a perceber o porquê de tanta lixeira. Havia e há uma empregada de limpeza mas esta não ia lá limpar. E se ela não ia porque ia lá eu? Afinal era um trabalho dela. E percebi os meus colegas.
    Agora está mais limpo mas não imaculado.

    ResponderExcluir