4.3.15

O que as outras pessoas pensam

Durante cerca de 3 anos da minha vida, vivi presa, presa aos olhares das pessoas, presa à hipotética perfeição, presa a tudo aquilo a que uma adolescente não deve ficar agarrada. Mas tudo mudou, de há uns tempos para trás, deixei de ligar completamente aquilo que as pessoas pensam de mim e comecei a ser mais espontânea e consequentemente, mais verdadeira comigo mesmo. E querem saber? Foi a melhor decisão que já tomei na minha vida.

24 comentários:

  1. Achoque sou um bocado assim, com inseguranças, com medo que as pessoas vejam os meus defeitos, ou algo que não gostem.. e isso prende-me... às vezes gostava de saber a sensação de me sentir livre...

    ResponderExcluir
  2. E assim é que é, só assim podemos ser realmente felizes!

    ResponderExcluir
  3. Como te compreendo. Quando era mais nova também era assim. Mas um dia libertei-me dessas ideias e nunca fui tão feliz como agora :)

    ResponderExcluir
  4. Ao vivermos demasiado com o que os outros possam pensar de nós, não vivemos a nossa vida como a devemos viver realmente..

    ResponderExcluir
  5. Estou muito feliz por teres ultrapassado isso e por seres feliz :) Mereces ser feliz, és linda meu amor!

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca pensei muito sobre aquilo que os outros pensam sobre mim. O importante é nós sentirmo-nos bem connosco :)

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente ainda é algo que me afeta bastante são os comentários e opiniões dos outros. Aquilo que vão pensar, que vão dizer... por vezes tento combater este meu instinto mas acabo sempre ainda mais magoada por isso...

    http://the-blog-ofmylife.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. É aí que as pessoas mudam!

    ResponderExcluir
  9. Ainda bem que assim é. Acredita que serás mais feliz assim. R: Obrigada sexy girl :)

    ResponderExcluir
  10. Revi-me neste texto. E só temos mesmo é que agradar a nós mesmas!

    ResponderExcluir
  11. É sempre a melhor decisão. É bom sentir aquela sensação de liberdade, ao sabermos que nada nem ninguém nos irá afetar! Fico feliz por ti bby, mesmo!

    ResponderExcluir
  12. eu já tentei tantas vezes fazer isso, mas nunca consigo :c

    ResponderExcluir
  13. O mais importante é que te sintas bem com as tuas decisões, aquilo que as outras pessoas pensam pouco ou nada interessada. Certamente que te tornaste numa pessoa bem mais feliz depois de tomares essa decisão :)

    ResponderExcluir
  14. E essa tua decisão foi essencial, para ti e para o teu espirito. Ser honesta contigo e não ligar aos outros é o que melhor fazes!!

    ResponderExcluir
  15. Uma decisão muito acertada. Não temos que ser obrigados a agradar a todos. Temos que ser nós.

    ResponderExcluir
  16. Penso que não é uma decisão que se tome de uma hora para a outra. São pequenas mudanças que se vão operando em nós. Crescemos, amadurecemos em cada dia que passa e todas as pequenas mudanças vão fazendo de nós pessoas com atitudes diferentes.
    Então e nestes três anos o Popeye continua sem te beijar? ahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca me fui embora, ando sempre por aqui. Às vezes mudo é de blog, ou de identidade, que é para poder assediar adolescentes. O pior é que mal deixo um comentário e toda a gente me conhece e o assédio fica só na mente perversa das aberrações do costume. :(

      Excluir
  17. O que interessa é que fizeste essa mudança e és realmente feliz :)

    ResponderExcluir
  18. Sermos nós próprios é uma das decisões mais sábias que se pode ter!

    ResponderExcluir
  19. Eu por mais que tente não consigo parar de me importar com os comentários e olhares que vêm de fora... Estou melhor mas não consigo estar bem com isso... :/

    R: Os Maroon 5 ao vivo também devem ser excelentes por acaso esqueci-me de os mencionar mas também é algo que gostava de ver! Acredita que ainda há-de cá vir uma banda que gostes muito e que tenhas possibilidade de ires ver! :)

    ResponderExcluir
  20. Acho que é a melhor atitude que alguém deve tomar na sua vida! adorei o blog :)

    bainspiration.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Estou como tu, também era assim e à um par de anos decidi ser eu mesma e comecei a descobrir coisas que nem eu própria era capaz de fazer! Continua assim! :)

    ResponderExcluir